Skip to main content

Nespresso e DPD arrancam com entregas verdes no Porto

07/08/2021 - 15:25

Marca de cafés reforça compromisso com sustentabilidade com parceria com a DPD Portugal para entregas em veículos elétricos na cidade do Porto

 O compromisso com a sustentabilidade da Nespresso fez a marca apostar num projeto piloto de ‘entregas verdes’. Depois de Lisboa ter sido a primeira cidade a dar o arranque às entregas sustentáveis da marca, o Porto dá início às entregas gratuitas em veículo elétrico, numa parceria com a DPD Portugal.

A Nespresso está comprometida com a neutralidade carbónica e tem como objetivo que todas as chávenas sejam neutras em carbono até 2022. “Tendo já conquistado a neutralidade carbónica na atividade comercial, pretendemos ser neutros nas emissões que ocorrem na sua cadeia de abastecimento e no ciclo de vida do produto. Depois de termos iniciado o projeto em Lisboa, faz todo o sentido que também a segunda maior cidade do país tenha entregas verdes. O que desejamos é que no futuro todas as nossas entregas sejam mais sustentáveis” afirma Brigitte Felber, BEO da Nespresso Portugal.

A utilização destes veículos elétricos vai permitir uma poupança anual de dióxido de carbono (CO2) de mais de 13 toneladas por ano, face à versão com motorização a diesel. Estes veículos elétricos não emitem partículas e NOx durante a sua utilização.

A Nespresso e a DPD partilham o compromisso com a sustentabilidade, e unem-se agora por um objetivo comum. "A sustentabilidade é o maior desafio da atualidade. Na DPD somos pioneiros num negócio verdadeiramente sustentável. É o que nos move todos os dias. A sustentabilidade é um desafio de toda a economia e sociedade portuguesa, pelo que acreditamos que devemos reinventar os processos e apostar em soluções como a mobilidade elétrica ou as energias renováveis, com os talentos e a criatividade de que já dispomos. Este projeto é o 1º passo na descarbonização das entregas na cidade do Porto, depois de termos comunicado Lisboa totalmente zero emissões nas entregas até final deste ano”, sublinha Olivier Establet, CEO da DPD Portugal.

A Nespresso desafia ainda os portugueses a entregarem aos Condutores da DPD as cápsulas já usadas para integrarem o processo de reciclagem, em que serão inseridas na produção de carros, caixilharia de janelas, bicicletas.

O investimento da Nespresso em reciclagem fortalece o seu compromisso com a sustentabilidade e, desde 2018, a marca investe anualmente mais de 500 mil euros com mais de 250 pontos de reciclagem em Portugal.

A DPD Portugal tem sido piloto de várias iniciativas na estratégia verde dentro do DPDgroup, com a cidade de Lisboa a ser o palco de ações como o Air Diag, lançado em Junho de 2019, que permite aos lisboetas conhecerem a qualidade do ar à sua porta, graças à centena de sensores que temos instalados nas nossas viaturas e em lojas Pickup. Mais recentemente, recebemos o projeto-piloto City Trees, umas árvores de madeira que estiveram instaladas entre Setembro de 2020 e Janeiro deste ano na Avenida da Ribeira das Naus e que possibilitaram a produção de cerca de 4 toneladas de oxigénio na sua zona de intervenção.

Todas estas ações inserem-se no compromisso do DPDgroup de reduzir a pegada ambiental nas 200 principais cidades europeias, sendo que até 2025 o objetivo é reduzir nas cidades onde opera as suas emissões de CO2 em 89% e os poluentes em 80% em relação a 2020.